18 anos de Apóstolas Luzentes de Maria e Jufem em Louveira

Bodas de Caná – um casamento de 18 anos de Schoenstatt em Louveira

No dia 11 de dezembro foi comemorado o aniversário de 18 anos do Movimento de Schoenstatt em Louveira. As Apóstolas Luzentes e Juventude Feminina se reuniram em uma chácara para festejarem este momento. 

A espiritualidade retratou a passagem bíblica das bodas de Caná (João 2,1-12), Jesus transforma a água em vinho numa festa de casamento. Este evangelho é rico em detalhes, pois envolve a missão de Jesus e o papel de Maria.

Após a leitura, a assessora Ir. Ana Maria fez um breve comentário e assemelhou as bodas de Caná ao grupo de Louveira, como uma família que unida se fecunda na intercessão da Mãe. Também acrescentou como devemos ser “presença viva” no reino da Rainha. Maria está naquela festa não somente como convidada, pelo contrario, está trabalhando, atenta a tudo, sente a falta do principal para a festa: o vinho.

Ir. Ana Maria durante a conversa com as jovens

Ir. Ana Maria durante a conversa com as jovens

Na passagem evangélica o vinho tem como simbolismo a alegria. Quando Maria vai até Jesus pedir que faça algo, certamente em seu coração Ela sabe que seu Filho pode resolver aquela situação. O pedido de Maria foi uma intercessão feita por sua própria vontade, não a pedido da família, por ver que se encontrava em um momento difícil diante da falta do vinho.

Durante a oração, refletimos sobre a mensagem que Maria diz: “Eles não têm mais vinho”, como se dissesse “Eles estão passando necessidade”, as meninas lembraram de cada membro de sua família, do grupo, de pessoas queridas que estejam passando necessidades e ofereceram a Mãe para que Ela desse a eles o “seu cuidado”. Todas puderam sentir a transformação da água em vinho naquele momento de comemoração.

“As bodas de Caná representam para nós nesta festa de 18 anos, nossa Família de Schoenstatt: as Apóstolas Luzentes de Maria e a Juventude Feminina de Schoenstatt, sempre vinculadas a Mãe buscam encher as talhas do Santuário da MTA.”

O dia seguiu muito animado naquele domingo de sol, as meninas aproveitaram também para brincar e se divertir com jogos e na piscina, logo após o almoço, cantaram o famoso “Parabéns” e cortaram o bolo.

Jufem e ALM Louveira durante a comemoração

Jufem e ALM Louveira durante a comemoração

Como toda festa, não podia faltar o bolo!

Como toda festa, não podia faltar o bolo!

Que a Mãe abençoe toda essa história de 18 anos e cuide para os próximos anos vindouros. Cada Apóstola e cada Jufem quer ser um “sim” atuante em nossa geração, para que possam crescer como um raio de luz e um lindo lírio no jardim da Imaculada.

Por: Rita de Cássia Lourençon – Jufem de Louveira/SP

1 Comentário em "18 anos de Apóstolas Luzentes de Maria e Jufem em Louveira"

  1. Parabéns meninas!!! Que este belo canteiro frutifique por muitos anos ainda!!! =D

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*