A Mãe Peregrina Original veio a Londrina nos visitar!

Dia 30 de agosto de 2013: um dia marcante. A Mãe Peregrina Original (MPO) veio a Londrina visitar a JUFEM!

A Família de Schoenstatt reunida pelo Tabor da Esmagadora da Serpente, em Londrina, reuniu-se no dia 26 de agosto para receber a Mãe Peregrina Original. Como acontece desde 1950 com o trabalho iniciado por João Luiz Pozzobon, ela continua peregrinando, desta vez entre os ramos do município, no Colégio Mãe de Deus, em um dia de festa com as famílias da campanha e passou a noite do dia 30 com a Juventude Feminina.

As jovens puderam refletir sobre o legado deixado por Pozzobon, olhando para a MPO e vendo nas marcas da imagem uma vida de visitas, graças levadas às famílias, quedas inclusive, mas, acima de tudo, um símbolo de grande apostolado e do poder da Mãe de Deus e seu Filho. Rosas foram entregues aos pés da Peregrina, com falas de gratidão e sua coroação foi renovada como Rainha Três Vezes Admirável (RTA) da Jufem.

Como não agradecer por todos milagres que ela tem feito? Como gratidão: uma rosa, querida Mãe de Deus, por teu amor; uma rosa por tua fidelidade à Aliança de Amor, fonte de graças e de bênçãos para a missão; uma rosa pelo Santuário Tabor, onde iniciaste tua peregrinação às famílias.

A história da Mãe Peregrina Original é a história de João Luiz Pozzobon, homem que contribuiu para levar Schoenstatt, por meio da imagem de Maria, a muitos lares, hospitais, escolas e tantos outros lugares.

Como não agradecer por todos milagres que ela tem feito? Como gratidão: uma rosa porque como a Grande Missionária realizaste maravilhosos prodígios nas famílias; uma rosa pelo crescimento da Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt em número e em profundidade, visando à salvação da família.

A história da Mãe Peregrina Original é a história de João Luiz Pozzobon, homem que dedicou parte de sua vida a carregar sobre os ombros a Rainha! Não importa o cansaço, a distância, o peso sobre os ombros.

Como não agradecer por todos milagres que ela tem feito? Como gratidão: uma rosa, Mãe, por sermos escolhidas para, num só coração, evangelizarmos outros jovens; uma rosa pela graça do Santuário Original; uma rosa pela preparação do Centenário do Movimento de Schoenstatt!

A Peregrina Original vai ao encontro da nossa capelinha, do nosso lugar predileto. É quando as imagens de Maria se encontram. Pra qual olhar? Aquela que está presente no nosso cotidiano, onde vamos falar de nossas vidas, pedir ajuda, agradecer? Ou aquela que acompanhou o João Luiz Pozzobon, e passou por muitos lugares, e que dela surgiram inúmeras Peregrinas?  Elas são uma só, são nossa querida Mãezinha, aquela que nos dá graças em nosso santuário e aquela que leva graças para o mundo todo.

E assim, um lindo momento de adoração no santuário com nossas duas imagens de Maria. A imagem sempre resplandecente da Mãe Três Vezes Admirável no nosso Santuário da Esmagadora da Serpente. Não menos bela, a imagem da Peregrina Original já desgastada por este longo caminho percorrido, e a sua beleza está em saber que somos nós que devemos restaurar a sua imagem, sendo pequenas Marias.

Nossa Mãe tão presente. A cada dificuldade encontrada em nossas vidas devemos coroá-la: Mãe, eu não posso, mas tu podes. Recebe esta coroa. Reina, Vence e Triunfa sobre minha vida.

Como não agradecer por todos milagres que ela tem feito? Ela é a grande missionária, Ela realizará milagres! Maria e a Juventude Feminina de Londrina em UM SÓ CORAÇÃO!

Juliana Lunardelli – Londrina /PR

1 Comentário em "A Mãe Peregrina Original veio a Londrina nos visitar!"

  1. Realmente o dia 30 de agosto foi marcante, estar unida à Mãe Peregrina Original como Jufem Londrina foi um momento muito especial!
    Agradecemos a visita e todas as vivências e graças que recebemos durante estes dias em que Ela esteve em nosso Santuário Tabor da Esmagadora da Serpente!
    Que logo possamos retornar a encontrá-la!
    Que a sua estada por nossa cidade nos encha de ardor missionário e unidade rumo ao centenário da Aliança de Amor!

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*