A passagem do século no Santuário de Atibaia/SP

A vigília da Família de Schoenstatt inicia às 20 horas, terminando em torno de 22 horas. Peregrinos e integrantes dos ramos da Obra de Schoenstatt permanecem junto à Mãe de Deus até meia-noite. Pouco antes da virada, a Juventude Apostólica (Jumas e Jufem) faz cinco minutos de silêncio e então, nos últimos dez segundos, inicia a contagem regressiva. Dentro do Santuário as Irmãs começam a entoar o Hino do Jubileu.

Gritos de “Viva Schoenstatt”, somados ao toque do sino do Santuário, anunciam que já é dia jubilar. Em uma só voz todos cantam: “Vamos contigo, Pai é nossa missão, tua Aliança nossa missão”.

Geração 2014 assume a missão!

A primeira hora do novo século de Schoenstatt é reservada para a Juventude Feminina de Schoenstatt (Jufem). As jovens fazem sua vivência jubilar em unidade com toda a Jufem Brasil, que nesta mesma hora, em sua grande maioria, se une nos Santuários para celebrar o Jubileu.

No Santuário da Permanente Presença do Pai, em Atibaia, se reuniram as jovens das cidades de: Atibaia, Bragança Paulista, Louveira, Mairiporã e São José dos Campos.

O Pai acolhe as filhas lírios

As palavras iniciais da vivência repetem a saudação do Pai Fundador aos congregados durante a fundação de Schoenstatt. “Em primeiro lugar, saúdo-vos depois de tanto tempo com a bela saudação: Nos cum prole pia, benedicat Virgo Maria. É a primeira vez que estas palavras da Congregação ressoam neste lugar, que continuem ressoando pelos tempos vindouros”.

A seguir as jovens retomaram a história de Schoenstatt, com os primeiros congregados heróis, que foram capazes a entregar tudo pela MTA.

Como Geração 2014, todas são chamadas a ser as heroinas deste novo século, e respondem com convicção: “SIM, PAI!”. Sejamos heroínas! Heroínas educadas por nossa Mãe Três Vezes Admirável”.

Uma Geração com um presente bem concreto: ser Coroa Viva!

Das mãos do Pai e Fundador, ainda quando vivia, a Jufem recebeu um grande presente: uma coroa para Mãe de Deus – a coroa RTA (Rainha Três Vezes Admirável). O presente ficou marcado na história da Jufem e, com o passar dos anos tornou-se um dos grandes símbolos de unidade internacional.

Porém, no ano 2000, durante uma peregrinação desta coroa entre os países que possuem Jufem, ela foi roubada. A tristeza pela perda gerou um novo impulso para o ramo: “Se não temos a coroa RTA, sejamos, nós mesmas, essa coroa viva”, diziam as jovens. Essa frase resume o presente concreto que a Geração 2014 oferece neste centenário.

Mais do que bens materiais, as jovens querem comprometer-se em ser coroas vivas para Igreja, presenteando o carisma de Schoenstatt e do Fundador.

Como sinal externo dessa conquista, elas entregam uma singela coroa RTA para a Mãe de Deus neste dia 18 de outubro. O ato se repete em diversos países, como forma de unidade.

Alianças Jubilares

E a vivência da Jufem ainda tem mais um momento especial: as juvenistas Caroline Montedori e Daniele da Silva selam sua Aliança nesta madrugada Jubilar. O ato tão significativo foi acompanhado por todas as jovens, que também tiveram um momento para renovar sua Aliança de Amor.

Unidas em oração pela Jufem Romênia

A unidade internacional foi um dos grandes marcos do último ano para toda a Jufem. Após o encontro Cor Unum – Geração 2014, em 2013 em Atibaia, o anseio de aproximação entre os países levou as jovens a realizar um sorteio internacional de oração.

A Jufem Brasil teve como incumbência rezar pela Jufem Romênia. Na vivência desta noite o ato foi lembrado através de um pedido singelo, mas cheio de significado “Durante todo o ano rezamos pela Jufem romena e hoje, unidas em um só coração, esperamos que cada palavra tenha chegado também até elas, que as bênçãos da Mãe se difundam sobre estas Jovens para que se tornem fiéis heroínas por meio da herança que lhes foi dada. Agradecemos por tudo o que delas aprendemos.”

A vivência chega ao fim, mas a missão continua!

A vivência chega ao fim perto de 2h30, mas a história não termina aqui. As últimas palavras são de envio para o próximo Jubileu: 75 anos de fundação da Jufem Brasil, que será celebrado no Encontro Nacional, em 2015, na cidade de Londrina/PR.

Firmemente as jovens encerram o momento no Santuário com o lema que guiou os trabalhos da Jufem Brasil neste ano de 2014: “Sim, Pai, contigo heroicamente! Geração 2014!.”

Por : Karen e Jaqueline

Seja o primeiro a comentar em "A passagem do século no Santuário de Atibaia/SP"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*