Apóstolas em ação e missão no Encontro Regional

Um final de semana para “sacudir, sacudir”.

Karen Bueno – O que você aprendeu nesse encontro? “Eu aprendi que Jesus é um sol e que a gente também tem que ser sol”. A resposta da pequena Laura Fantini, 5 anos, é simples, mas traduz todo o ideal das Apóstolas Luzentes de Maria. Nesse final de semana, dias 26 e 27 de maio, o Santuário de Atibaia/SP recebeu as pequenas de 4 a 14 anos para seu encontro regional. Inspiradas no grande sol, que é Jesus, e na sua Rainha Luzente, elas desejam ser uma luz para iluminar o mundo e transformar a realidade, gerando um mundo novo.

“Gosto de ser Apóstola porque posso espalhar coisas boas para as pessoas e ajudá-las a encontrar o caminho certo. Aprendi, nesse encontro, que a gente tem que ser luz e se diferenciar”, diz Ana Clara Dias, de 12 anos. É justamente esse o tema das oficinas trabalhadas no sábado de manhã.

Brincadeiras, danças e música não faltaram, também o entusiasmos de encontrar novas amigas e se reunir com as conhecidas. “É muito legal ser Apóstola, você se encontra com várias crianças. Gostamos muito da música, do ‘Baile da Luz’. Vamos levar muita saudade, porque este é nosso último ano como Apóstolas”, contam Julia Souza e Ana Clara Lagos, do Rio de Janeiro/RJ. Elas se despedem para entrar, este ano, na Juventude Feminina de Schoenstatt.

Cartas do céu

Um “carteiro do céu” esteve presente para transmitir mensagens importantes a cada uma das meninas. Em especial, uma ‘carta do Pai e Fundador’, Pe. José Kentenich, que é entregue às Apóstolas. Mensagens vêm e vão, ao estilo ‘correio elegante’, enviadas de uma a outra pelo carteiro.

A correria era grande, o entusiasmo também. No sábado à tarde, elas competem entre brincadeiras e formação, na gincana preparada pelas dirigentes. Perguntas e respostas, desafios em equipe, a tarde de sábado se transforma numa grande festa, que culmina, à noite, no ‘Baile da Luz’. A sala de encontros vira uma discoteca, com luzes coloridas, animação da banda e, assim, todas são colocadas para dançar.

A vivência é o ponto alto que as reúne ao redor do Santuário, no final da noite. Os olhinhos se dirigem à Rainha Luzente, com o pedido de serem, elas também, um raio de sua luz a brilhar na escuridão.

“Este é o Pe. Kentenich, ele fundou a gente”

O lema do ano, que as impulsiona, diz: “Pai, somos tuas Apóstolas em ação”. Neste ‘Ano Pe. Kentenich’, nenhuma menina quer ficar parada. É por isso que, no domingo de manhã, todas partem em missão pelo pátio do Santuário. Cerca de 5 mil pessoas visitavam a Casa da Mãe e Rainha nesse domingo. Os grupinhos de dirigentes e Apóstolas abordavam os peregrinos, conversavam, acolhiam e falavam sobre o Pai e Fundador. “Este é o Pe. Kentenich, ele é nosso fundador”, diziam as pequenas, explicando sobre as Apóstolas.

Eloísa Cordeiro, de Louveira/SP, 8 anos, conta: “Várias meninas estavam com vergonha, mas acabaram querendo fazer [missões] mais vezes. Isso foi divertido. E também várias pessoas gostaram, foram legais e gentis com a gente”.

Após as missões, com a tenda repleta de peregrinos, as meninas se juntaram para cantar. Isabela da Silva Melo, de São Paulo/SP, dá seu testemunho diante da multidão: “Eu não consigo imaginar a minha vida sem as Apóstolas e gostaria que vocês também pudessem viver tudo o que experimentamos no Santuário”. Ela convida todos a também serem luz no mundo e seus olhos emocionados acompanham as palavras, revelando a franqueza de seu grande amor por Schoenstatt. Isso faz o povo responder com entusiasmo ao testemunho e a canção das meninas.

“Ide e fazei discípulos meus todos os povos” (Mt 28, 19)

Enviadas para ser sal e luz, a diversão não cessou até o fim. “Sacudir, sacudir, sacudir” é o refrão que mexe com todas e as coloca em ação. Nesse espírito e consciência de missão, elas partem com alegria e o compromisso de transformar a realidade em luz de esperança para o Brasil e o mundo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para ver mais fotos, clique aqu!

 

Seja o primeiro a comentar em "Apóstolas em ação e missão no Encontro Regional"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*