Chegou maio!!!

Querida Juventude Feminina de Schoenstatt!

Chegou o mês de maio!!! O mundo espera por Maria, e seremos heroínas nesta missão!

Mês da Mãe de Deus, mês em que é impossível não lembrar e seguir o exemplo de nosso grande herói, José Engling, que soube oferecer tantas flores de maio para a Rainha, flores do jardinzinho de seu coração: a rosa do amor, a violeta da humildade e da modéstia, o lírio da pureza.

Quantos lírios da pureza, rosas do amor, girassóis da alegria, violetas da humildade queremos oferecer, para florir o canteiro da Jufem e causar alegria para a MTA!

Nosso Pai e Fundador ficava imensamente feliz com datas marianas, especialmente no mês que é dedicado inteiramente à Mãe de Deus; mês de empenho na autoeducação, de contribuições ao Capital de Graças, como flores de maio, dons de amor para a MTA.

São suas as palavras:

“Sempre que eu lhe disser: mostra que és minha mãe, a Mãe de Deus diz: mostra que és minha filha. E se lhe perguntar como devo fazê-lo, a Mãe de Deus responde: como uma filha o faz para com a sua mãe. A filha evita tudo o que não dá alegria à mãe. O que não dá alegria à Mãe de Deus? Cada uma de nós poderia responder a esta pergunta… Sou filha da querida Mãe de Deus e uma filha faz tudo o que dá alegria à mãe.”

A Mãe de Deus como a grande Educadora quer educar-nos para a alegria, para o amor, deseja ajudar-nos no caminho da autoeducação. Nascemos para algo de grande, para o alto, e um verdadeiro filho de Schoenstatt têm a consciência de que nasceu para algo maior! José Engling, Regininha, Júlio Steikaul, Bárbara Kast, e você Jufem!!!

Conta-se que um jovem, São João Berchmanns tinha um profundo e verdadeiro amor à Mãe de Deus, certo dia disse: todos podem me superar em tudo, mas no amor à Mãe de Deus ninguém deve me superar! O Pe. José Kentenich disse o mesmo: “Mas em que sentido ninguém pode nos superar no amor a Mãe de Deus? Na ternura, na grandeza e no vigor do amor a Maria! Não me deixar superar por ninguém no amor à Mãe de Deus e ela cuidará. Cuidará de quê? Que todas nos tornemos pequenas Marias ardentes de amor, sempre perfeitamente abertas e disponíveis para tudo o que é divino. É este o nosso ideal. (Pe. Kentenich, em 17 de agosto de 1949 Santa Maria)

Por isso, querida Jufem, queremos com entusiasmo empenhar-nos na autoeducação para sermos uma pequena Maria, e neste mês de maio, ir muitas vezes ao Santuário, nosso lar, com nosso Pai e Fundador, fazer visitas físicas e espirituais, para levar nossas flores de maio, nosso empenho, e presenteá-los à Mãe de Deus. Cada dia de maio um dia de Maria, um dia de alegria!!!

“Se vos chamais filhas-lírios, é evidente que isso expressa uma decisão pessoal, sumamente fecunda e de grandes consequências!” (JK)

Seja o primeiro a comentar em "Chegou maio!!!"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*