Como viver um grande ideal na sua profissão

Medicina veterinária é uma profissão com áreas muito abrangentes, que vai desde clínica e cirurgia de pequenos animais, até a produção de alimentos de origem animal e toda a inspeção para garantir a qualidade destes.

Eu estou no último período da faculdade, onde preciso realizar o estágio curricular e a apresentação do trabalho de conclusão de curso. E a área em que eu escolhi trabalhar é a cadeia produtiva do leite, desde o início da faculdade direcionei meus estágios de férias e projetos para esta área, que eu gosto bastante. E nestes estágios, sempre saí a campo, acompanhando veterinários formados, tive contato com produtores e funcionários, em sua maioria, homens. Antigamente, esta era uma profissão mais “masculina”, principalmente por lidar com animais grandes e todo o manejo do trabalho ter a necessidade de força física.
E apesar disso, eu me interesso por esta área, e acredito ser possível trabalhar nela sendo exatamente como eu sou. Nunca passei por nenhuma situação desfavorável, nem de preconceito (machismo) ou desrespeito. Talvez a vestimenta as vezes seja mais grosseira, quando vamos a campo ou ter contato direto com os animais, mas sempre continuei sendo feminina, tanto no meu falar, quanto no vestir.

Acredito que o que impõe o respeito não seja a “grosseria”, mas sim a maneira de se comportar. Na verdade, assumir a feminilidade é muito importante, pois não estou para competir com um homem de igual pra igual, minhas funções são cabíveis a minha condição (tenho 1.62 de altura), e nesse caso, meus conhecimentos técnicos são muito mais relevantes do que a força física propriamente dita.

E acredito também que o comportamento seja talvez o mais relevante no momento de expressarmos nosso ideal de Lírio do Pai, tabor para o Mundo, do que expor nossa participação no Movimento ou falar abertamente sobre a maneira que vivemos. Quando temos abertura, acho sim importante dar nosso testemunho, falar sobre Schoenstatt e sobre nossa Aliança de Amor com a Mãe de Deus, mas muitas vezes o ambiente profissional não permite isso, aí então nosso comportamento é primordial.

Desde o início da minha vida acadêmica, quando passei no vestibular, entreguei minha profissão nas mãos de Deus, para que Ele me guiasse segundo a vontade dEle, e sempre peço em oração para conseguir conciliar os meus valores pessoais às necessidades do mercado de trabalho, que acredito ser uma maneira de alcançar realização pessoal e profissional.

Que Jesus e nossa querida Mãezinha nos guie no nosso caminho de busca pela santidade, fidelidade ao nosso ideal, e equilíbrio entre a busca pela realização profissional, que também é uma maneira de honrarmos a Deus, e aos nossos valores pessoais e espirituais.

Escrito por: Gabriele Wolff

gabriele gabriele2

Seja o primeiro a comentar em "Como viver um grande ideal na sua profissão"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*