Cristo Vive: A Exortação do Papa aos jovens

“Cristo vive: é Ele a nossa esperança e a mais bela juventude deste mundo! Tudo o que toca torna-se jovem, fica novo, enche-se de vida. Por isso as primeiras palavras, que quero dirigir a cada jovem cristão, são estas: Ele vive e quer-te vivo!”

Assim começa a Exortação Apostólica pós-sinodal “Christus vivit”, do Papa Francisco, lançada dia 2 de abril de 2019, e dirigida “aos jovens e a todo o povo de Deus”.

No documento, composto por nove capítulos divididos em 299 parágrafos, o Papa explica que se deixou “inspirar pela riqueza das reflexões e diálogos do Sínodo dos jovens”, celebrado no Vaticano em outubro de 2018.

A vida do “Cristo Jovem”, as dificuldades da realidade juvenil, a sexualidade, o ambiente digital, migração, proteção dos menores, relação com os idosos, a pastoral juvenil, o discernimento vocacional são alguns temas que recebem o olhar atento e alguns conselhos do Santo Padre.

Na Exortação se reconhece que há jovens que sentem a presença da Igreja “como importuna e até mesmo irritante”. Há jovens que “reclamam uma Igreja que escute mais, que não passe o tempo a condenar o mundo. Não querem ver uma Igreja calada e tímida, mas tampouco desejam que esteja sempre em guerra por dois ou três assuntos que a obcecam”. É com todos esses, e tantos mais, que esse documento quer abrir um diálogo.

Segundo o Pe. Alexandre Awi Mello, secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, essa “é uma carta pessoal, profunda e paternal, com a mão e o estilo próprio do Papa Francisco”. Ele destaca o Capítulo 4 do documento, que apresenta “o núcleo do que deve ser anunciado e de forma audaz, corajosa, valente, delicada e sem proselitismos”: “Eu diria que um capítulo central é o Capítulo 4 daquilo que não podemos deixar de dizer aos jovens: que Deus é amor, que Cristo salva cada um deles, que Jesus está vivo hoje e tudo isso deve ser feito na força do Espírito que dá vida”.

A Exortação Apostólica “Christus vivit” está disponível, na íntegra, no site do Vaticano. Clique para acessar em português

Ou baixe o documento em PDF: CHRISTUS VIVIT

Nas palavras finais do documento, o Papa assina: “Queridos jovens, ficarei feliz vendo-vos correr mais rápido do que os lentos e medrosos. Correi atraídos por aquele Rosto tão amado, que adoramos na sagrada Eucaristia e reconhecemos na carne do irmão que sofre… A Igreja precisa do vosso ímpeto, das vossas intuições, da vossa fé… E quando chegardes aonde nós ainda não chegamos, tende a paciência de esperar por nós”.

(Foto: Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida)

(O Papa assinou o documento na segunda-feira, 25 de março, na Santa Casa de Loreto)

 

Com informações de vaticannews.va/pt:
– Documento do Papa aos jovens: Deus os ama e a Igreja necessita da juventude
– Exortação do Papa aos jovens, com gramática do amor desinteressado e linguagem da proximidade

 

Fonte: http://www.schoenstatt.org.br/2019/04/02/cristo-vive-a-exortacao-do-papa-aos-jovens/?fbclid=IwAR1hJ9v-xc36Vmris6SfyZ_LkAgnlOp1c98u82RVJhB53fj9YmnEGJghMME    [editado]

Seja o primeiro a comentar em "Cristo Vive: A Exortação do Papa aos jovens"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*