Em posição de partida para os novos tempos!

Na noite do dia 17 de outubro, em meio às comemorações jubilares em Schoenstatt, a Jufem Londrina, juntamente com a Jufem de Ibiporã e Barbosa Ferraz, reuniu-se para celebrar o Centenário da Aliança de Amor!

Já que era véspera do grande dia 18 de outubro, nada melhor do que uma festa! Aliás, uma festa no estilo ‘Réveillon’, afinal, estávamos unidas para festejar a virada do século schoenstattiano, por isso, as meninas foram convidadas a irem vestidas de branco.

Antes da música rolar, houve a premiação das equipes que participaram da “Corrida do Centenário” – a preparação espiritual e formativa mensal da Jufem Londrina. Todas as meninas receberam uma medalha pela participação na ‘Corrida’ e as equipes vencedoras foram: em primeiro lugar, a equipe ‘Peregrinas em Ação’ (João Luiz Pozzobon); na segunda colocação, ‘Pequenas Marias’ (Franz Reinisch) e em terceiro lugar, a equipe ‘Ita Pater’ (Ir. Emilie).

Eis que chegou a hora de celebrar!!! Em um momento de descontração e vinculação, a Jufem confraternizou com um brinde à MTA, muitas fotos e música!

Para nós não tinha melhor lugar do que passar a virada do século do que estar em nosso lar, o Santuário da querida Mãe! Lá tivemos uma vigília (a mesma que foi executada por toda a Jufem Brasil), uma ocasião para agradecer todas as dádivas da vida em Aliança e receber as graças jubilares para continuarmos a nossa missão.

O ápice desta noite foi, com certeza, a corrente que formarmos desde a estátua do nosso Pai e Fundador até o Santuário, para que o nosso presente, como geração 2014, pudesse passar por cada menina e ao final pudemos oferta-lo à MTA!

As impressões deste momento são únicas para cada uma que esteve lá. Duas meninas da Jufem Londrina nos contam um pouquinho o que viveram neste dia:

“Especial e marcante são as palavras que para mim definem a celebração do Centenário aqui em Londrina.  Primeiramente fiquei muito feliz de toda ver toda a Jufem Londrina reunida para comemorar esse momento tão importante para todos nós.  E os dois momentos que me tocaram de uma maneira muito profunda foi o tempo que tivemos com a Coroa RTA, pois cada uma pode entregar o que tinha em seu interior. O outro momento que para mim foi ápice da noite, foi a coroação onde pudemos estar unidas a toda Juventude Feminina Internacional.

Aquela noite foi um momento de reflexão e também renovação de toda entrega que fizemos como Jufem com o ideal de sermos Coroas Vivas para a Igreja, unidas em um só coração com o nosso Pai. Enfim, momentos estes que serão eternizados em minha memória, e com certeza na memória de cada uma que esteve presente neste dia!” (Mariana Mafra)

“17 de outubro de 2014: Desde a hora que acordei sabia que seria um dia diferente, por mais que eu tenha vivido pouco tempo de Aliança de Amor o clima do centenário já havia tomado conta do meu coração. Sabia que teria a honra de participar de um momento histórico para todos que participam do movimento, mas nunca imaginaria que poderia participar tão ativamente e de perto de algo tão especial. Quando a Irmã Shaiane mostrou a sacola com os nomes e falou que dali sairia o nome da menina que iria coroar a Mãe de Deus a primeira coisa que eu disse é que se fosse eu ficaria muito honrada, mas nunca imaginei que poderia ser eu. Minha surpresa foi tão grande e eu nem soube explicar o que senti quando ouvi meu nome, sabia que eu teria uma responsabilidade enorme, porque não era mais eu que iria coroar a MTA, eu estaria representando uma geração, representando meninas com os mesmos ideais e sonhos muito parecidos com os meus. Com as mesmas dúvidas, dificuldades e esperanças.

E ali estava eu segurando aquela coroa, tão linda e delicada, assim como é a Mãe em quem nos espelhamos todos os dias. Naquela coroa que presenteamos a MTA está representada toda a importância que Ela tem em nossas vidas, não sabia que poderia amar e confiar mais nela, mas a partir daquele dia percebi que tenho a capacidade de amá-la ainda mais e querer ser cada dia mais um pouco dela.

Dia 18 de outubro de 2014 foi um dia que marcou a minha vida, deu mais força pra dizer meu sim todos os dias e pra mim como Jufem foi a maior honra poder ser um instrumento, poder colocar todas as meninas no meu coração e pedir para que sentissem a mesma sensação que eu estava sentindo. Que a MTA seja sempre a Rainha das nossas vidas e nos guie em todas as situações, pois fomos escolhidas para sermos diferentes, fomos escolhidas como geração 2014, e daqui mais 100 anos lembrarão que nós estávamos lá e demos continuidade ao que o Pai Fundador começou”. (Mariane Libório)

E para finalizar a nossa vigília, fomos até à estátua do nosso Pai e Fundador para pedir a sua benção. Fomos enviadas por ele, reafirmamos o nosso SIM à Schoenstatt, somos nós a geração 2014, colocamo-nos novamente na ‘corrida’ e estamos em posição de partida para os novos tempos!

Escrito por: Suzana Guariente

1381798_889216881098253_510120653155876961_n1919629_889203477766260_258039796302582244_n10411911_889217501098191_7310064945492191899_n 10440708_889211291098812_2901906835086898954_n (1) 10513358_889215484431726_2941606849114296034_n 10606190_889201287766479_4572959100263637373_n 10713015_889204667766141_2618271810297702738_n 10731152_889198404433434_7723031852536424260_n 10733989_889200231099918_7334397499059013869_n

Seja o primeiro a comentar em "Em posição de partida para os novos tempos!"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*