Enfim um só coração

Com a saudação de “boa tarde”, nos diversos idiomas, foi dada a largada para o encontro Cor Unum – Geração 2014.

A abertura do evento, preparada pelas juventudes de Atibaia e Mairiporã, contou com a participação da FAMA (Fanfarra Municipal de Atibaia), que é bicampeã mundial, na animação. Mayara Pinzan, jufem de Atibaia, conta que o objetivo da apresentação foi “mostrar os diferentes tipos de cultura que existem no Brasil”. Assim, além de um vídeo ilustrativo, meninas das regiões sul, nordeste e sudeste mostraram danças típicas de cada região.

A cada bandeira, dos diversos países, que entrava era uma festa, com destaque para a bandeira brasileira, seguindo com o hino nacional do país sede.

O prefeito da cidade, Saulo Pedroso, ressaltou a importância de um evento de nível internacional para o município, e disse que espera que todas as visitantes se sintam muito bem acolhidas em Atibaia. A superiora das irmãs de Maria de Schoenstatt, irmã M. Ane Gonçalves, deu as boas vindas e falou da alegria de receber as jovens: “é uma grande honra e graça nos unirmos, como irmãs que somos, na Aliança de Amor. Com toda a preparação e recepção gostaríamos de ajudá-las a serem coroas vivas”.

O momento final da abertura se deu com a entrada da coroa RTA, que será presenteada ao papa Francisco em 2014 por ocasião do centenário da Aliança.

 

Jaqueline (Atibaia) e Sophia (Mairiporã) conduziram a abertura

A superiora provincial dá as boas-vindas à jufem

Apresentação da Fanfarra Municipal de Atibaia

Parte da FAMA

Dança típica do Nordeste

Entrada das bandeiras

Dança típica gaúcha

O samba, representando o sudeste

O grupo que organizou o encontro

MISSA

À sequência da abertura foi celebrada a missa de renovação da Aliança de Amor, preparada por Poços de Caldas/MG, Caieiras/SP, Brasília-DF e São Paulo-Jaraguá. Sendo um missa internacional, cada leitura e também as músicas se intercalavam entre as diversas línguas.

O celebrante, Dom Sérgio Colombo, bispo da diocese de Bragança Paulista à qual pertence o município de Atibaia, falou durante a homilia que o objetivo da Jornada Mundial da Juventude é fazer com que o evangelho de Cristo chegue ao mundo inteiro, a partir do testemunho da juventude. Também colocou três pontos de reflexão – Acolhida: “Não importa de onde viemos, somos todos irmãos, representamos a união da Igreja na sua diversidade”. Cor Unum: “A unidade só é possível em Cristo, é Jesus quem nos reúne e nos coloca no coração do Pai. No Cor Unum reconhecemos a presença de Maria, ela é a primeira a estar no coração do Pai”. Testemunho: “A alegria nos aproxima, o testemunho alegre da juventude; é preciso ressaltar a beleza, grandeza e vocação da juventude”. O bispo concluiu dizendo: “O que me encanta é o testemunho desta juventude, que não mede esforços para viver o projeto de Cristo, vindo à JMJ e depois dando testemunho em sua vida”.

Em seguida todos se dirigiram ao santuário, onde foi renovada a Aliança de Amor.

A Mãe Peregrina Original foi recebida para a missa

Procissão de entrada

Dom Sérgio, bispo de Bragança Paulista

As ofertas trazidas ao altar

A renovação da Aliança no santuário

ORAÇÃO DA NOITE

Após o jantar, houve a oração da noite, terminando com a benção do santíssimo.

 

Seja o primeiro a comentar em "Enfim um só coração"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*