Engenharia Ambiental – Mundo Profissional

 

Meu nome é Roberta, tenho vinte e três anos, participo do Movimento de Schoenstatt há dez anos e atualmente participo da Jufem Curitiba/PR. Sou Engenheira Ambiental recém-formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná.

Um engenheiro ambiental pode exercer muitas atividades, dentre elas as mais importantes são: controle da poluição (da água, do ar, do solo e gestão de resíduos sólidos), gestão urbana, gestão ambiental e educação ambiental.

O engenheiro ambiental tem a missão de utilizar a tecnologia para minimizar os impactos das atividades do homem sobre o meio ambiente ou recuperar ambientes já degradados.

A engenharia é um grande desafio, pois a tendência de “engenheiralizar” tudo que está a nossa volta é muito grande. Mario Hiriart era engenheiro e compreendeu muito bem estes desafios:

“… sou engenheiro e por isso quero calcular e construir tudo conforme os planos racionalmente traçados. Quero fazer da vida uma estrutura perfeitamente planejada, de engenharia sólida…”.

E depois encontra a resposta para este desafio, o equilíbrio que ele expressou tão bem no cálice (ou elipse) de seu símbolo pessoal – “organicamente, ambos os pólos”; o mundo natural e mundo sobrenatural:

“… sim, é preciso planejar, mas buscar acima de tudo quais são os planos de Deus – planejar como loucos e confiar como santos…”.

Além disso, a criação revela seu Criador. Cuidar do meio ambiente também é tarefa cristã, como observamos nesta Campanha da Fraternidade.

Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas”. Romanos 1:20

Administrando com ética e justiça os recursos naturais também nos tornamos cocriadores, participamos da transformação do mundo que Deus criou e nos presenteou com tanto amor e confiança.

Atualmente trabalho com educação ambiental e vejo minha missão de cristã e de schoenstattiana ao conscientizar as pessoas da importância de cuidar do meio ambiente, mostrando que é possível desenvolver-se econômica e socialmente sem esquecer-se da natureza, o que chamamos de desenvolvimento sustentável.

É muito comum encontrar comunidades extremamente carentes instaladas em áreas de risco ambiental, e em minhas pesquisas pude conhecer esta realidade também. Hoje compreendo claramente que o compromisso com a justiça social também é dos cristãos, é a “caridade” que a Bíblia nos diz, e saber que minha profissão pode colaborar com este processo me motiva muito a continuar estudando, trabalhando e ajudando a construir um mundo melhor.

Como engenheira ambiental estou em contato com pessoas e com a natureza, elementos da criação que nos conduzem ao divino e que devemos amar, cuidar e proteger.

Aterro Sanitário da Caximba em Curitiba/PR

Aterro Sanitário da Caximba em Curitiba/PR

1 Comentário em "Engenharia Ambiental – Mundo Profissional"

  1. Parabéns, Roberta!

    Engenheiras Schoenstatteanas na construção de um mundo novo!

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*