Entrevista: Como é participar da construção de um Santuário?

Querida Jufem,

Hoje em nossa Coluna Entrevista tivemos a alegria de bater um papo com Giovana Oliveira, dirigente de ramo de Caieiras, e a vice, Maria Clara Tuon Mantovani, para saber todos os detalhes da construção do mais novo Santuário do Brasil!

Com a inauguração se aproximando, pudemos descobrir algumas curiosidades sobre tudo que está sendo preparado e a importância da Jufem nessa história.

As meninas nos responderam com muito entusiasmo e alegria, além de convidar a Jufem Brasil a se unir nesta preparação! Vai encarar? Acompanhe como foi esta conversa:

Jufem Brasil: Antes de começar com as perguntas sobre o Santuário em si, queremos saber: desde quando vocês estão em Schoenstatt?

Giovana e Maria Clara – Estamos no Movimento desde muito novas, nossos pais fazem parte dos primeiros grupos da Liga de Famílias em Caieiras. Isso nos incentivou a entrar em um grupo de Luz do Reino com 5/6 anos de idade. Somos do mesmo grupo, chamado Pérolas de Maria, junto com a Bárbara.

Jufem Brasil: Quando entraram, já havia a previsão da construção do Santuário?

Giovana e Maria Clara – Quando entramos o anseio de construir o Santuário já existia. Mas foi em 2008 que recebemos o terreno e, partir daí, começamos a conquistá-lo de forma concreta.

Jufem Brasil: Como é para Jufem Caieiras participar deste momento de graças?

Giovana e Maria Clara – Ver o Santuário ser construído e ganhar forma nos faz sentir muito privilegiadas e felizes. É um sentimento único estar lá a cada semana, acompanhar as etapas da construção e ver o trono da MTA se erguer.

Jufem Brasil: Desde quando efetivamente estão trabalhando para isso?

Giovana e Maria Clara – Quando recebemos o terreno em 2008, começamos a construir toda a estrutura em torno do Santuário, como o muro, tenda, banheiros, casa do caseiro… Sempre fizemos eventos, rifas e outras ações para arrecadar dinheiro para estas obras. Foi no ano passado que foi dado o “sim” efetivo para iniciarmos a construção.

“Primeira Pazada – dezembro de 2016”

Jufem Brasil: O que a Jufem tem feito diretamente pela construção do Santuário? Tiveram/têm alguma conquista de algum símbolo? O que vão presentear?

Giovana e Maria Clara – Além de estarmos vinculadas espiritualmente a todas as conquistas relacionadas à construção do Santuário, como Jufem temos o desejo de coroar a Mãe. Assim, unidas com as quatro gerações que nos antecederam, vamos entregar física e espiritualmente esse presente para a MTA.

Jufem Brasil: Qual é a expectativa de vocês com um Santuário na cidade?

Giovana e Maria Clara – Queremos que esse lugar seja uma forma de acolher a todos aqueles que procuram ter um encontro pessoal com Cristo através da intercessão da Mãe.

Jufem Brasil: A Jufem tem um papel importante na presença de Schoenstatt em Caieiras. Como é para Jufem atual e as gerações passadas verem os frutos desta perseverança se concretizando com a construção deste Santuário?

Giovana e Maria Clara – A Juventude Feminina foi o ramo que fundou o Movimento de Schoenstatt em nossa cidade e sempre nos contagiou com o anseio de construir um trono de graças para a Mãe aqui. O Santuário foi uma forma de nos vincularmos mais com as outras gerações, porque queríamos resgatar nossa história. A partir disso, descobrirmos as raízes da nossa vida como Jufem e como chegamos até os dias atuais. O desenvolvimento desse vínculo fez com que decidíssemos coroar a Mãe não só como “geração Santuário”, mas como Jufem Caieiras como um todo.

Jufem Brasil: Temos visto muito empenho da Família de Caieiras para reunir toda a Família de Schoenstatt do Brasil na construção do Santuário, em especial a Jufem, colocando os dons a serviço. Nos vídeos sempre vemos a assinatura de integrantes da Jufem, cada uma com seus talentos… O que significa para vocês, colaborar desta forma na construção do Santuário?

Giovana e Maria Clara – É muito gratificante saber que as carreiras que nós escolhemos podem estar a serviço da Mãe. Outro lado bom é que nós somos muito diferentes, temos caminhos profissionais diferentes, então cada uma pode colaborar da sua maneira.

Para quem não viu, este é um dos vídeos que as meninas estão ajudando a produzir, olha só a Jufem na ficha técnica:

Animação: Isabela Freitas

Edição: Clara Mantovani

Música: Magnificat (Violão: Giovana Oliveira)

Jufem Brasil: Como a Jufem Brasil pode colaborar com a construção?

Giovana e Maria Clara – Um dos nossos propósitos é conquistar 31 milhões de Ave-Marias até 17 de setembro. Então para contribuir espiritualmente, todas podem rezar Ave-Marias na intenção do nosso Santuário e enviar no link abaixo, para serem contabilizadas: https://t.co/gSakaaUcPy

Para quem quiser contribuir na construção física, nós estamos com um projeto no Catarse, um site de financiamento coletivo, para arrecadar fundos. O mais legal é que, para cada tipo de contribuição, você ganha uma recompensa diferente. Vai de agradecimento nas redes sociais até nome na árvore e no móvel do altar do Santuário de Caieiras. O link é esse: www.catarse.me/santuariocaieiras

Além disso, rezar na intenção do Santuário e espalhar cada vez mais que um novo trono de graças está sendo erguido para nossa querida RTA também são formas muito importantes de colaborar. Por último, fazer visitas à construção é primordial para a vida do Santuário. Ficaremos muito felizes em recebê-las!

Para quem ainda não está acompanhando cada etapa desta construção, nossa página no Facebook está sendo atualizada diariamente, confiram! (www.facebook.com/schoenstattcaieiras)

Imagens da Construção do Santuário

Seja o primeiro a comentar em "Entrevista: Como é participar da construção de um Santuário?"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*