Festa da Anunciação

tabernaculo anunciacao

Querida Jufem! Já observaste com atenção qual é a cena bíblica que está na parte interna das portas do Sacrário em nossos Santuários de Schoenstatt? Quando fores novamente ao Santuário e ali estiver o Santíssimo exposto, observa: é a cena da Anunciação do Anjo à Maria!

O que este momento da vida de nossa querida Mãe tem a ver conosco? Nosso Pai e Fundador, explica:

 

 

 

[box_light]

“Contemplemos a grande Maria, quando foi visitada pelo anjo em Nazaré. Ela estava lendo a Sagrada Escritura e quando o anjo lhe anunciou a mensagem, refletiu primeiro sobre qual seria o significado daquelas palavras.

Quando contemplamos o mundo, tão cheio de maldade e perguntamos aos educadores de onde ela provém, eles dirão: a maldade provém da falta de reflexão, das pessoas não pensarem, não da má vontade. A Mãe de Deus tinha a atitude contrária, ela refletia.

Nós também refletimos; de vez em quando refletimos sobre nosso futuro. Mas refletiremos realmente? Muitas vezes não queremos saber do bom Deus; no entanto, também se deveria poder dizer de nós: ela refletiu. Deveríamos refletir e perguntar-nos: que quer o bom Deus de mim?

Precisamos aprender a pensar, precisamos assumir nossas responsabilidades. A Mãe de Deus perguntou ao anjo como seria possível ela tornar-se Mãe de Deus. Pensando em minha vocação, também preciso refletir e perguntar qual é o meu caminho. Peçamos, portanto: Deus Trino, realiza o milagre da transformação para que se faça a pequena Maria luzente.(…)

(…) Faça-se a pequena Maria luzente! Isso quer dizer muito, tem um conteúdo infinito! Nos tempos de hoje a juventude precisa de grandes ideais.

A luz aquece! O mundo está muito frio, também no Brasil. O sol brilha naturalmente, mas as almas sentem frio. Como o coração da Mãe de Deus era cálido, não apenas para Deus, mas também para com as pessoas. (…)

(…) Por que o mundo de hoje está tão frio? Há poucas mulheres e jovens verdadeiras na Igreja. Deus Trino, opera o milagre da transformação para que se faça a pequena Maria cálida e ardente de amor” (Eu saúdo os lírios,  p. 10, 11 e 13).

[/box_light]

 

 

Queridas jovens!

Que esta pequena oração de nosso Pai e Fundador seja pronunciada frequentemente por nós: “Deus Trino, opera o milagre da transformação para que se faça a pequena Maria cálida e ardente em amor”. Ao celebrarmos esta Festa tão importante para a Igreja e para nossa Família de Schoenstatt, nos coloquemos (espiritual ou pessoalmente) junto à nossa querida Mãe, no Santuário e, como ela, saibamos dizer de todo o coração: “Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim, segundo a tua palavra!” (Lc 1, 38a), como resposta aos desafios do mundo de hoje e nosso reassumir consciente, a cada dia, de nosso grande Ideal: “Lírio do Pai – Tabor para o mundo!”

Ir. M. Eliane Cunha – Assessora Jufem Nordeste

Seja o primeiro a comentar em "Festa da Anunciação"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*