Fisioterapia – Mundo Profissional

Tenho 25 anos, sou fisioterapeuta a três e integrante da Juventude feminina de Ibiporã há cinco. Meu primeiro contato com a pedagogia Schoenstattiana foi através do Círculo de Aliança de Amor, a partir desse ato de amor, só aumentou minha vontade de conhecer mais e mais todo carisma do movimento.

 Ser extremamente decidida e saber certamente onde engatinhar profissionalmente nunca foram meu forte. Simplesmente deixo a divina providência agir e assim se cumpre toda a vontade e cuidado da Mãe em minha vida profissional. E, confesso: sou grata a cada atitude providencial Dela!

Ser “fisioterapeuta instrumento” me remete muito a como ser pequena Maria em cada atendimento. Instrumento, porque é com louvor que quando uso minhas mãos para amenizar uma dor instaurada muitas vezes rezo pedindo a interseção de Deus Pai naquele momento para que sejam ultrapassadas as barreiras de minha limitação profissional e venha a cura, e, o Pai atende. Então, não sou nada se não a manifestação do amor de Deus em minha profissão.

Além de fisioterapeuta, tenho formação em Pilates e sou Pós-graduada em Fisioterapia Dermatofuncional, nenhuma dessas especialidades estavam nos meus planos, porém me fazem transbordar o coração de tamanha prontidão e fidelidade que tenho por elas.

Atender meus pacientinhos é ser ouvinte constante, como a Mãe de Deus se faz por nós. Fazer o meu melhor durante aquela uma hora de aula de pilates me traz paz, músculos alongados, fortalecidos e também ótimas posturas! Rss. Na Dermatofuncional, descobri a facilidade de honrar Schoenstatt quando trago conforto espiritual e amor durante a drenagem linfática às minhas gestantes e também o valor da auto-estima quando se melhora um rostinho repleto de acne. Isso me faz além de uma fisioterapeuta, um ser humano melhor…

E assim, ser Pequena Maria se revela em minha profissão: confiando na divina providência, sendo instrumento, recorrendo ao Pai, tendo uma vivência diária de oração, sendo fiel e exercendo a prontidão, sendo ouvinte, zelando pela paz interior minha e do outro, confortando espiritualmente e realizando os atendimentos com amor.

Quando me coloco no lugar do outro é sempre transformador, fazendo isso enobreço um pouquinho a cada dia, para ser cada dia mais uma Pequena Maria no mundo.

 Por: Patrícia Pelisson Tonon

6 Comentários em "Fisioterapia – Mundo Profissional"

  1. Parabéns !!
    Sua profissão é linda, que Deus e a MTA continue te iluminando, para que você continue sendo um instrumento, ajudando a todos seus pacientes com muito amor e dedicação.

  2. Vce é tao linda por dentro, qto é por fora! Continue sendo esse instrumento de Deus, vce é maravilhosa!

  3. Priscila C. Sborchia | 9 de abril de 2015 at 23:11 | Responder

    Eita, quanto orgulho dessa Ciçinha, que a Mãe possa te conduzir sempre no seu trabalho, que traga sempre o alivio de uma dor, sempre uma paz interior e sempre um conforto espiritual em seus pacientinhos e em ti.
    Viva…Parabéns!!!

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*