Jufem deixa sua marca no Congresso Internacional da Obra das Famílias de Schoenstatt

Nos dias 15,16 e 17 de julho de 2016, em Londrina-PR, o Instituto de Famílias do Brasil promoveu um Congresso Internacional da Obra de Famílias de Schoenstatt, que tinha como tema: “A Beleza da Vocação Matrimonial”. O principal acontecimento desse Congresso foi o translado da senhora Helene Kühr, junto ao seu marido, o Dr. Fritz Kühr, para o monumento dos heróis, na cidade de Londrina.
fritz-kuhr

Dr Fritz e Helene

Dr. Kühr, era um político católico, que foi preso pelos nazistas na época da guerra. Foi levado ao Campo de Concentração, onde conheceu o Pe. Kentenich e juntos fundaram o Instituto de Famílias e a Obra de Famílias de Schoenstatt. O Dr. Kühr conseguiu sair do campo de concentração e veio para o Brasil para ficar com sua esposa, Helene, que tinha vindo morar em Rolândia- PR. Entretanto, poucos anos depois, o Dr. Kühr faleceu devido a um câncer, oferecendo sua vida à fecundidade da Obra de Schoenstatt. Sua esposa, Helene, faleceu muitos anos depois, mas continuou amando seu marido até o fim. Eles deram um testemunho importante sobre o sacramento do matrimônio, pois mesmo separados durante dez anos por causa da guerra, permaneceram fiéis e com um grande amor um pelo outro.   
Momentos antes do translado, os casais lançaram no interior da sepultura pedras trazidas do Campo de Concentração de Dachau, para que servissem de “base” para as urnas de Helene e Fritz. No final, sobraram algumas pedras e a JUFEM também pôde colocar uma pedra. Internamente, ao jogar a pedrinha, consagrei à Mãe de Deus todos os matrimônios (atuais e futuros) da Juventude Feminina de Schoenstatt.
Screenshot_2016-07-26-22-23-25

Maria Gabriela (que jogou a pedra por nós!)

IMG_20160726_150056

Jufem Londrina junto ao monumento dos heróis

O translado ocorreu dia 16 de julho, com uma Missa e vivência na capela do Colégio Mãe de Deus. Foi muito bonito conhecer, através de alguns testemunhos de casais, Irmãs de Maria e até mesmo dos sobrinhos de Helene, um pouco mais sobre sua vida.
O Congresso foi lindo! Foi um momento de convivência, alegria, formação e aprofundamento sobre o casal Kühr e sobre a vocação matrimonial nos dias de hoje.
Por: Maria Gabriela Nassif – Jufem Londrina

Seja o primeiro a comentar em "Jufem deixa sua marca no Congresso Internacional da Obra das Famílias de Schoenstatt"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*