O Céu toca a terra – Aliança de Amor Jufem Vila Mariana/SP

No dia 22 de maio o céu toca a terra, e com corações cheios de alegria e gratidão a Juventude Feminina da Vila Mariana está em festa!

Depois de nove anos da última Aliança de Amor aqui da Jufem da Vila (como é carinhosamente conhecida), e após a comemoração do Jubileu dos 100 anos da fundação do Movimento Apostólico de Schoenstatt e dos 75 anos da Jufem no Brasil, as jovens: Taylane, Karen, Raquel, Amanda, Luíza e Gabi pronunciaram seu sim ao chamado da eleição para a Aliança der Amor e consagraram suas vidas aos cuidados de nossa querida Rainha dos Lírios, e assumem esta sagrada herança em nosso Movimento de Schoenstatt inserindo-se no documento de Fundação.

Elas são, sem dúvidas, frutos da ideia predileta e abençoada de nosso Pai e Fundador, ou seja, da primeira Aliança de Amor selada em Schoenstatt em 18 de outubro de 1914 e com muita alegria querem cumprir sua missão como Lírio do Pai, Tabor para o mundo.

Os preparativos mais próximos para esta data tão esperada por elas já se iniciaram no dia 12/05 quando as jovens tiveram uma linda vivência sobre a Consagração preparada por nossa assessora Ir. Viviane Maria. Seus corações já rejubilavam na saudade do dia 22 de maio e estavam sem dúvidas ansiosos de pertencerem à MTA, e serem suas filhas lírios!

No dia da Aliança as jovens tiveram seu retiro que se iniciou com uma linda Adoração ao Santíssimo no Santuário Tabor da Confiança Vitoriosa no Pai. Neste momento somente uma palavra ressoava dos corações filiais destas jovens: gratidão. Gratidão pela eleição. Em seguida puderam presenciar o testemunho da jovem Gabriela, da Jufem de Mairiporã sobre sua “Vivência concreta da Aliança de Amor em sua dia-a-dia”. Gabriela entregou para cada jovem uma linda vela com os seguintes dizeres: “Seja Luz! Vale muito a pena!” Após tiveram uma última reflexão com a Ir. Viviane Maria.

O que se seguiu somente cada uma das jovens poderá ser capaz de nos contar, afinal, foi chegado o momento de, em silêncio, refletirem pessoalmente sobre sua entrega pessoal na Aliança de Amor e escrever sua carta para a Mãe de Deus.

Que a lembrança deste dia traga para elas e para cada uma de nós, jovem pertencente ao movimento a certeza da eleição, especialmente nos momentos de dificuldades. Vale a pena ousar, afinal estamos convictas que ninguém jamais irá perecer se fiel a sua Aliança de Amor permanecer, com nosso querido Pai e Fundador bradamos: “Ficamos nisto: permanecemos fiéis!”.

Desejamos que a vivência da Aliança de Amor seja penhor para as futuras gerações e um sinal de unidade e comprometimento para com nosso Ramo, o Reino Lirial de nossa querida RTA.

Gabi e Luíza nos contam um pouquinho sobre este dia:

“Um dia muito especial para nós! Tivemos a graça de selarmos a Aliança de Amor! Me emocionei muito em poder ter esta experiência tão linda, pois mesmo não sendo fácil seguir nosso ideal Lírio do Pai, Tabor para o mundo, a Mãe sempre está no nosso lado nos guiando e ajudando! Espero poder cada dia mais me aproximar de nossa Senhora e seguir seu modelo por meio da Aliança de Amor e do Capital de Graças. Dessa forma alcançar a santificação e agradar a Deus. Agradeço em especial minha avó que fez com que toda minha família conhecesse o Santuário, aos meus pais que me incentivaram e estão sempre comigo, aos meus familiares, a minha Dirigente Alcinéia, a nossa Assessora Ir. Viviane Maria, as minhas amigas “irmãs” de grupo Jufem enfim todos que fizeram parte desse momento tão importante. ” Gabi (Gabriela)

“Dia 22 de maio de 2016. Enfim chegara o dia de nossa Aliança de Amor. Um grupo inicialmente imaturo pra com os preceitos e história de Schoenstatt agora juntava-se a Mãe como sua aliada, como sua coisa e propriedade. Um dia de introspecção e reflexão subjetiva e, ao mesmo tempo, de uma vivência coletiva que nunca, nem em dois anos de grupo, havíamos presenciado com tanta intensidade.

Conhecemos mais umas sobre as outras, discutimos nossos aprendizados e relembramos nossa trajetória. A Mãe cuidou para que tudo ocorresse perfeitamente, fosse o clima levemente ensolarado ou nosso sentimento de acolhida. O santuário acolhia e abraçava-nos como nunca antes. E nós igualmente, nunca estivéramos mais aptas a este acolhimento, tanto da Mãe para conosco quanto de nós para com nós mesmas.

O amor predominava dentre todas as coisas. Foram dois anos de reuniões, de estudos, conhecimento, de construção de um vínculo fraternal internamente ao grupo. E o mais importante, dois anos nos quais a Mãe trabalhou em nós, educando-nos e ensinando-nos a nos autoeducar. Dois anos nos quais a Mãe nos guiou para que fizéssemos juz à sua eleição.

Enfim, confirmamos nosso sim nesse dia 22 de maio, reacendendo uma nova chama na JUFEM Vila Mariana, nove anos após sua última aliança de amor selada. E para mim, uma experiência única e essencial. Como jovem, sei como é difícil me manter na fé. A sociedade nos cobra certos padrões que nem sempre respeitam os preceitos da Igreja. O mundo nos cobra a rapidez e nos obriga a uma correria e a uma inversão de valores diária, ofuscando com a ganância e o imediatismo, o que deveria ser nossa real prioridade. A igreja, a oração e a busca pelas coisas do alto. Mas mesmo sob essas tentações e mesmo em nossas fraquezas, a Mãe se coloca e providencia, bem como me fez, proporcionando essa linda aliança de amor, essa troca de corações, de exigências, fortalecendo minha fé, minha presença no santuário e meu amor pela vida junto à Ela.” Luíza

O grupo segue com suas reuniões, porém com ardor diferente e consciente da missão, de se tornar e de se assemelhar cada vez mais a nossa Rainha ter Admirabilis!

Por: Alcinéia – Jufem Vila Mariana – SP

Seja o primeiro a comentar em "O Céu toca a terra – Aliança de Amor Jufem Vila Mariana/SP"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*