O que há atrás do muro?

Nascemos, crescemos, nos educamos e criamos vínculos. Formamos a nossa vida e temos preocupações do dia a dia referente à nossa forma de viver, por muitas e muitas vezes pensamos somente no EU!

O problema maior é que criamos o nosso próprio mundo, no qual se fecha em uma realidade um tanto quanto egoísta, criando muralhas tão altas que nos impedem de olhar o que se passa do lado de fora. Com o tempo perdemos a compaixão com o sofrimento do próximo e o interesse em ajudar quem precisa. Não conseguimos ver o que está atrás do muro!

Olhem para onde a humanidade está caminhando. Em que mundo estamos vivendo e até que ponto nos importamos?

A cada dia nos jornais surgem mais e mais notícias que escandalizam a humanidade, mas você já parou para pensar como agimos diante do que está acontecendo com o mundo? Será que não estamos tão apáticos com tudo que nos tornamos meros coadjuvantes desta história?

Quando ouvimos a notícia que cristãos foram presos, torturados e martirizados pelas suas crenças, ou quando se fala da escassez de água, preços elevados de impostos, gasolina, universidades a ponto de fecharem devido à falta de recursos… tantos desastres acontecendo e o mundo a beira do caos, eu como cristão, como reajo?

NÃO podemos simplesmente ignorar, nos fechar no mundo do EU, precisamos dar testemunhos que Deus é Pai e misericordioso, testemunho de santidade, de verdadeiros cristãos que no trabalho, nos estudos, na família e até mesmo na política faz reinar a Mãe de Deus.

Qual a saída para todos esses problemas que a humanidade está sofrendo?

A resposta é simples: DEUS!

Destruir essa muralha que criamos para nos proteger e ir ao encontro das pessoas, levando esse amor do bom Deus, e mostrando que é possível vivermos em paz, em um mundo melhor, isso é o que o papa chama de Cultura do Encontro e que nós Schoenstattianos chamamos de Cultura da Aliança de Amor. E HOJE precisamos que essa Aliança resplandeça em todos os lugares.

Nosso Pai Fundador já dizia: “ À sombra deste Santuário serão decididos por séculos, de modo essencial, os destinos da Igreja e do mundo”.

Seja o primeiro a comentar em "O que há atrás do muro?"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*