Rumo a Schoenstatt… alegria e ansiedade!

“Bom, comigo também não muda muito. Entrei no movimento com meus 4 anos de idade, sempre fui a mascotinha do grupo e acompanhava minhas irmãs em suas conquistas. Por ser a mais nova do grupo, tive o privilégio de me tornar uma JUFEM com idade de uma Apóstola e assim, eu fui amadurecendo sem perceber. Selei minha aliança de amor em 2012, foi algo tão forte e único para mim. Com isso, meu sonho de ir para Schoenstatt foi ficando mais forte, mas minha idade sempre me impedia que esse se tornasse realidade. Porém, nesse ano, tive uma notícia que me motivou muito ao saber que o grupo daqui de Louveira, ajudaria ao menos 3 ou 4 meninas para irem nesta peregrinação e para que fosse de uma forma justa com todas que queriam ir, sairia uma representante de cada grupo de jufem que aqui temos na cidade. Com isso já fiquei muito feliz, porque as possibilidades já haviam aumentado. Dentro do meu grupo as que poderiam ir eram eu e uma das minhas irmãs, Thálita, ali meu coração ficou dividido porque ou iria eu ou ela. Uma decisão que não precisou ser tomada, porque a Mãe foi muito providente desde o inicio e surgiu uma vaga de outro grupo onde ninguém tinha a possibilidade de ir. Enfim, tudo já começou na Divina Providência onde não vão somente 3, mas agora em 5 meninas (e mais uma vez sou a mais nova) e tudo continuou nessa providência. Começamos a trabalhar para arrecadar dinheiro muito tarde, mas a Mãe abria todos os caminhos e tornava cada vez mais possível, o impossível que estava em nossa frente. Varremos, limpamos, carregamos e organizamos muitas mesas e cadeiras na festa do nosso padroeiro e que nos ajudaram a ter muitas bolhas nas mãos, dores na coluna, mas tudo isso nos trouxe a alegria de saber que tudo estava dando certo. Não só nisso, fizemos uma rifa grande para conseguirmos uma quantia maior. Essa me trouxe noites sem dormir, trabalho redobrado e muita responsabilidade por estar a frente de tudo. Mas uma vez a Mãe me ajudou, me acalmou, me deu responsabilidade, providenciou todos os prêmios (que foram doados) e também na venda dos números. Essa rifa correu sábado passado, então agora estou muito mais aliviada, mas também muito ansiosa por faltar pouquíssimos dias pra um sonho começar. Todo meu sacrifício, renúncias, dores, noites sem dormir, entreguei tudo ao meu CG, e tudo isso só passei porque amo esse movimento e não vejo a hora de conhecer o local onde tudo começou, como as outras meninas já disseram, e de viver tudo o que Schoenstatt nos remete. E além de tudo poder conhecer vocês, viver como uma família, a família Jufem Brasil. E para encerrar com chave de ouro, saber que terei a graça de poder renovar minha Aliança de Amor e poder reviver um momento muito especial, tudo isso no local de fundação, é algo que me traz muita alegria e só aumenta minha ansiedade.
#chegalogo #ansiosa #MPHC #amomuitotudoisso
Obs: Essa bandeira foi para Schoenstatt todas as vezes que alguém de Louveira passou pelo Santuário Original e que mais uma vez ela voltará para lá.” – Mariana Siqueira/Louveira-SP

Seja o primeiro a comentar em "Rumo a Schoenstatt… alegria e ansiedade!"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.


*