Como pequenas rainhas devemos entregar cada dia de novo nosso ser e nossa existência à Majestade, ao grande Rei do céu e da terra.