Regional: Paraná

Data de Fundação: 29/11/1998

                A história da Jufem Ibiporã teve início em 29 de novembro de 1998 com o grupo “Santuário Coração”. Na época, 14 meninas faziam parte do grupo dirigido por Andreia Mozzato. No ano seguinte a Jufem Ibiporã foi presenteada com o Instituto Nossa Senhora de Schoenstatt assumindo a responsabilidade do Movimento na cidade.

                Em 2000 três novos grupos surgiram: “Lírios da Mãe”, “Unidas por Maria” e “Mulheres Novas”. No ano seguinte as meninas conquistaram seu primeiro lema: “Tudo o que faço no Coração da Mãe, torna-se infinito”. Assim, a fecundidade do amor da Mãe de Deus fez surgir novos grupos: “Pérolas da Mãe” e “Autênticas Servas”, além do primeiro grupo de crianças, chamadas de “Sementes”. Por fim, ainda no mesmo ano, o grupo fundador selou sua Aliança de Amor, no dia 29 de dezembro.

                A Jufem Ibiporã passou por uma experiência única no ano de 2002: participar da benção do Santuário Internacional, em Belém de Escobar, na Argentina. No mesmo ano a Jufem não mediu esforços para arrecadar fundos e conquistaram a primeira casa. Em 2003, as meninas peregrinaram até Jaraguá para participar da coroação da Mãe de Deus como Rainha Indivisa Christi, no Monte do Pai. Com as graças da coroação, as meninas enfrentaram uma mudança que nossa querida Mãe havia preparado: a troca de assessoras.

                Em 2004 foi organizada a primeira caminhada em memória ao terceiro marco histórico: 31 de Maio, chamada de “Caminhada da Missão”. O evento acontece todos os anos até hoje. Já em 2005, a Jufem enviou representantes para a Jornada Mundial da Juventude, em Colônia, na Alemanha. Através delas, pudemos pisar pela primeira vez em Schoenstatt e, nesta ocasião, uma das representantes selou sua Aliança de amor no Santuário Original.

                Em 2006 dois grupos selaram sua Aliança de Amor: “Autênticas Servas” (em Bellavista, no Chile) e “Pérolas da Mãe” (em Londrina/PR). No mesmo ano surgiu o grupo “Água de Rosas” e as Profissionais. No ano seguinte mesmo sem dirigente a Jufem Ibiporã o CD “Mais Além”. Outro momento que a Mãe nos pediu para enfrentar foi o falecimento da Bruna Giovana, dirigente do grupo “Magnanimus Cor”.

                O ano de 2008 foi muito especial. A Família local adquiriu a Ermida e iniciou as primeiras Missões Familiares do Brasil. Os grupos “Mariengarten”, “Tabernáculo” e “Roca Mater” selaram sua Aliança de Amor.

                Em 2009 iniciou-se o coral das Apóstolas e Senhora Lúcia tornou-se assessora. No ano seguinte dez meninas representaram o ramo no Encontro Nacional, em Santa Maria/RS e o projeto “Anjos de Maria”, que recolhia doações para crianças carentes, surgiu. O ano de 2011 foi marcado pelo inicio dos terços nos 3º sábado do mês para maior vinculação a Ermida. No ano seguinte uma das meninas que se preparavam para a Aliança foi chamada ao lar eterno.

                No ano de 2013 aconteceu o encontro Internacional Cor Unum, em Atibaia e a JMJ, no Rio de Janeiro. A Jufem enviou representantes nos dois eventos. No Centenário da Aliança, em 2014, quatro jovens participaram das celebrações em Schoenstatt, na Alemanha. A assessora Senhora Lúcia foi morar definitivamente em Ibiporã. No ano seguinte 20 representantes participaram do Encontro Nacional, em Londrina/PR, outros cinco grupos de sementes surgiram e o grupo de Jufem “Servas heroicas” foi fundado. Em 2016 a Jufem participou do Encontro Regional, em Atibaia, da Caminhada Heroica da Regininha, organizada pela Jufem de Cornélio Procópio e, da segunda Missão Jufem.

                Em 2017, junto com a Família de Ibiporã, a Jufem peregrinou à Caieiras para acompanhar a bênção do Santuário em sua cidade-irmã. No ano seguinte, quatro representantes participaram das Missões da Juventude Feminina do Chile. A partir disso receberam a visita do quadro da Indivisa Christi. Celebrando o “Ano do Pai” toda a juventude apresentou o teatro “Donum Patris, a vida de um profeta”. No ano de 2019, a Jufem Ibiporã iniciou adorações mensais e muitas representantes acompanharam a coroação da Mãe de Deus no Santuário de Caieiras. Para comemorar os 70 anos do 3º Marco Histórico, quatro representantes peregrinaram à Bellavista, no Chile, para celebrar o 31 de Maio.

                Atualmente a Jufem Ibiporã conta com 60 meninas e 50 sementes.