Regional: Sul

Data de Fundação: 28 de fevereiro de 1973

                O início da Jufem em Porto Alegre deu-se por consequência da chegada das Irmãs de Maria, em 28 de fevereiro de 1973. A cidade ainda não possuía Santuário, mas o Movimento aos poucos já se organizava. Em maio do mesmo ano, começaram as Apóstolas de Maria. Em 26 de maio 1976 aconteceu o primeiro encontro de jovens e a Jufem local já participa do primeiro encontro regional. A Jufem Porto Alegre há 44 anos leva ao Santuário Maria Coração da Igreja e à capital do Rio Grande do Sul a vivacidade e coragem do Perseverar para Florir. Este florir se caracteriza pela filialidade à Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt e à herança deixada pelo nosso Pai e Fundador em sermos um campo de lírios nobres e puros. A Taça Lirial, símbolo arquidiocesano, expressa na sua essência a missão, confiada pelo Pai e Fundador à Juventude Feminina, em ser uma juventude lirial.

                O ano de 1986 foi marcado de festividades pela inauguração do Santuário de Porto Alegre. A Jufem participou ativamente de forma espiritual e prática durante todo o processo de conquista. A partir do Santuário a Juventude se fortalece e espalha-se para as cidades de Cachoeirinha, Canoas, Esteio e Guaiba, na arquidiocese.

                Em outubro de 2003, a Jufem reuniu-se para comemorar o aniversário do Movimento e concretizou a conquista da sala da Jufem. Simbolizando os ideais do ramo e herança para as futuras gerações, a sala recebeu o quadro da MTA. José Engling foi escolhido patrono (pois este foi o dia em que se deu a entrega da sua vida, 4 de outubro de 1918) e por isso, um quadro seu também foi entronizado na sala. No ano seguinte a conquista foi a bandeira da Jufem Arquidiocesana de Porto Alegre. Com a taça lirial bordada (remota ao lema “Perseverar para Florir”), uma relíquia do Pai Fundador e um pedacinho do telhado do Santuário Original, a bandeira foi um presente ofertado à Schoenstatt, Alemanha, no ano seguinte. Na data, uma jovem recebeu envio sacerdotal para o Santuário Original, com a missão de ajudar na preparação da Jornada Mundial da Juventude. Em 2005 a cidade sedia o Encontro Regional.

                O ano de 2006 foi marcado pela celebração dos 30 anos da Jufem POA e pela bênção e inauguração da taça de Engling, no Santuário de Porto Alegre.

                Em 2014, ano do Centenário da Aliança, a Jufem esteve presente em diversas celebrações nos Santuários e paróquias. A partir de 2015 a Jufem universitária organizou e realizou as missões em uma região carente espiritual e materialmente. Os missionados que ainda não possuíam, puderam receber sacramentos pelo pároco local. Desde 2017, a Jufem também auxilia na catequese junto ao Santuário. No ano passado, 2019, as meninas de Porto Alegre realizaram o retiro espiritual “Cor Ecclesiae”. Esta iniciativa surgiu pela necessidade de vincular as jovens ao Santuário e de juntas terem uma primeira vivencia na Escola da Mãe e Rainha antes de ingressarem no Ramo da Juventude.